O blog
Dizem que falar aos cotovelos é ruim. Dizem que expressar opinião é ótimo em alguns casos. Unindo ambas as coisas essa pequena garota irá tentar defender as suas próprias opiniões de coisas cotidianas, valhas ou às vezes inúteis; passando o tempo aqui, vendo as horas voarem e digitando descontroladoramente palavras aleatórias, porque isso sim é de sua natureza.

Quem
Gabriela Andrade, uma senhorita com 24 anos vividos de misturas sentimentais, questões polêmicas, questionamentos utópicos sobre o mundo, englobados em torno de muitas confusões. Anseia por um futuro melhor, mas se saberá o que será do temido e exasperado amanhã?

Arquivo
06.09 / 07.09 / 08.09 / 09.09 / 10.09 / 11.09 / 12.09 / 01.10 / 02.10 / 03.10 / 04.10 / 08.10 / 09.10 / 10.10 / 11.10 / 12.10 / 01.11 / 02.11 / 03.11 / 04.11 / 05.11 / 07.11 / 08.11 / 09.11 / 01.12 / 02.12 / 03.12 / 04.12 / 07.12 / 09.12 / 03.13 / 07.13 / 11.13 / 01.14 / 01.15 / 02.15 / 03.15 / 07.15 / 01.17 / 09.17 / 10.17 / 11.17 / 01.18 / 02.18 / 04.18 /


Vestígios de milhões de lágrimas
Comentários (1) // sábado, 13 de junho de 2009

Mulher que mata os seus três filhos aguardará julgamento hoje, Bush declara guerra contínua ao Iraque, assaltantes matam criança ao avançarem com o carro roubado dirigindo e a deixarem presa ao cinto de segurança pela porta de trás, homem estupra uma jovem de apenas 10 anos, um padrasto abusa da enteada de apenas 08 anos, um pai lança a filha após tortura-lá duma grade da sua residência a metros distantes do chão, uma criança morre enquanto você lê isto, um pastor rouba os seus fiéis, um padre fez abuso de freiras e crianças que frequentavam a sua paróquia residente, um namorado por ciúmes enlouquecedor matou a namorada, um governador ofendeu aquele que o elegeu, a professora humilhou o aluno de apenas seis anos frente à todos e depois o mandou ficar sozinho diante um corredor vazio, uma criança cresce agora em meio a drogas e desta forma pelas últimas se vicia, o político corrupto ROUBA o dinheiro daquele que nem comida tem para dar aos seus filhos, um casal que somente acampava foi morto sem motivo algum por um menor de idade que hoje está impune, estrangeiros vem ao Brasil guiados por cartões postais turísticos que retratam cenas de bunda por meio de biquínis “fio dental” e levados ao pensamento de que o nosso país é receptor de qualquer tipo de delito como a prostituição explícita com variabilidade vasta de idade, mães choram ao perderem seus filhos em corredores de hospitais, pais lacrimejam ao verem os seus filhos dizerem adeus entrando no indelével mundo das drogas e o homem pensou que atingiu a supremacia com o anseio de homogeneizar o próximo através de um critério insano que matou milhões. Sangue, sangue e mais sangue. AINDA NOS NOMEAMOS SERES RACIONAIS? EXPLIQUE-ME O PORQUÊ, TAL COISA NUNCA HEI DE ENTENDER. Tais fatos fizeram parte de manchetes de jornais atuais e antigos, mas de alguma forma tão importantes quanto a nossa existência. Durante nossas vidas, sabemos que o mundo pode nos fazer chorar, que muitas coisas irão fazer-nos sofrer e até conduzir à maus caminhos que muitas vezes necessitam ser desviados imediatamente. O ser humano veio ao mundo para lutar, o nosso dever é ao próximo respeitar e amar. O QUE FAZEMOS DE NOSSAS PRÓPRIAS VIDAS? Diga-me Senhor George W. Bush o motivo da mentira que inventou para invadir territórios do Oriente Médio e com isso destruir a vida de inocentes, AFINAL, VOCÊ SABE O QUE SIGNIFICA UMA VIDA? Explique-me Adolf Hitler como se sente agora depois de DESMANCHAR sorrisos de alegria, abraços de amor, famílias, crianças, bebês e tudo aquilo que JAMAIS você poderia realizar com o seu ESTÚPIDO (para não baixar o nível) anseio, porque eu e toda a população mundial temos motivos para xingar-te, afinal você não era neto de judeu? Senhores responsáveis pelas embarcações jogadas ao mar propositalmente que poderiam saciar a fome de milhares africanos, falem o motivo para a insensatez nomeada a favor da estabilidade econômica. Caros preconceituosos me digam o que vocês ganham maltratando aqueles que são minimamente distintos de suas “perfeições”. Querido aluno que pratica o bullying dê a SUA razão para fazer o seu colega de classe chorar. Onerosos agressores, por favor, descrevam como se sentem ao fazer uma senhora de 90 anos por batidas violentas morrer. Prezado indivíduo que está lendo, eu lhe peço com muito apelo que, por favor, diga-me que eu estou num pesadelo e que tudo isto não se passa nem da mais terrível mentira, fale a verdade, me conte que em nosso mundo há amor e não aquela palavra MUITO pronunciada que eu escuto diariamente em meus pesadelos, uma tal de violência. Estimado leitor, explique para esses alienígenas do meu sonho, que o nosso Planeta, é um lugar bom para se morar, que nada disso nunca aconteceu e nem está acontecendo. Eu poderia fazer como as duas últimas frases e tentar fechar os meus olhos vivendo numa falsa realidade, tampar os meus ouvidos e ouvir músicas alegres, entretanto NÃO dá. Eu preciso de você. Disseram-me para fazer a minha vida valer a pena, me sinto perdida, nem sei por onde começar. Porém me disseram também que um caminho nunca é longo demais quando se tem pessoas acompanhando, por favor, venha comigo. A minha incansável esperança me diz que isto pode dar certo. Mesmo quando tudo parece impossível, ela está lá. Quando guerras se formam, o verde resplandecente ainda habita por trás de meus olhos, quando indivíduos morrem o seu pigmento nem da mais insensatez se desmancha, ela se solidificou em meu coração e apesar de tudo, está me impulsionando para alguma diferença neste mundo fazer. Você está comigo?

Marcadores: , ,